RECONHEÇA AQUILO QUE TE MOVE

with Nenhum comentário

Observando os meus primeiros posts do ano, percebi que a conexão com o público vai além do objetivo de buscar dicas e formas de pensar sobre suas carreiras.

Quando posto algo que fala das emoções, daquilo que às vezes trava, incomoda, que precisa ser superado, sonhos e dos nossos sentimentos diários, percebo que existe uma interação a mais. Isso me fez pensar o quanto estamos focados nos resultados finais dos nossos objetivos, e pouco conectados com o que realmente nos sustenta para conquistá-los.

Parece clichê, mas penso que cada vez mais temos que nos fortalecer naquilo que nos sustenta por dentro. Estamos realmente apreciando os processos? Ou apenas nos exaurindo atrás das conquistas?

Fica aqui esta imagem, que para mim significou muito, e talvez você possa pensar na legenda que traduz o seu momento. Redescobri o Journaling durante um curso esta semana, e creio que possa ajudar muitos de nós.

Dar um tempo da nossa pegada frenética e, por exemplo, escrever o que falaríamos para alguém que estivesse passando pelo que estamos vivendo agora.

Fiz este exercício, e descobri que, às vezes, sou severa demais comigo. E que dentro de mim existem respostas que já esqueci, mas quando ativadas me encorajam, tranquilizam e geram um olhar mais humano dentro e fora de mim.

Então, o que você diria para algém que está vivendo o mesmo que você?!

Deixe uma resposta