Comitê, Flores e Bombons!

with Nenhum comentário

“Agora nós temos flores e bombons na reunião do board!”

Sim, está foi a frase de impacto dita pelo responsável da empresa quando apresentou a nova participante do comitê ao grupo de mais de cem líderes. Naquele momento meus colegas de trabalho olharam para mim com os olhos esbugalhados e eu pensei: é realmente não sou uma líder de flores e bombons. Está tudo mais que certo.

Mas, esta frase me marcou para sempre! E como se não bastasse os olhos esbugalhados daquele dia, na semana seguinte em uma reunião de comitê com os diretores que eu atendia, logo que entrei na sala soltaram: “Poxa você esse tempo todo conosco e nada de flores e bombons para a reunião?!” (Risos, para não dizer gargalhadas). Foi a forma que tiveram de expressar a mesma surpresa para a tal definição.

Sim, não podemos negar que como mulher sempre temos desafios a mais para provar que somos competentes. O fato é que aquela situação para mim fez despertar o meu olhar para os bastidores das diferenças que transitavam naquele ambiente. Não era algo escancarado e nem mesmo generalizado, mas estava ali e não podia ser negado.

Trago este epsódio da minha história para que as mulheres possam observar seus ambientes profissionais.

O preconceito pode ser declarado, mas muitas vezes é velado, e você não percebe que vive lado a lado com ele. Seja mais observadora, e tome cuidado para não cair, sem querer, em “brincadeiras” que depreciam a sua posição.

Não mude suas crenças e seus valores para se adequar a um lugar, uma posição. Insista em preservar seus valores e estar em um lugar que converse e valorize na prática todas as profissionais, não apenas no discurso.

Você pode fazer diferença através das suas habilidades fortes que são ancoradas no seu lado feminino, e não tem nada de errado nisto.

Preserve, cuide  fortaleça a sua imagem e o seu legado! Seja você!

Muito se fala sobre igualdade e mulheres ocupando posições de liderança, mas para esta equação aconteça tudo começa por em nós!

Sempre batalhei para nao ser a “mocinha do RH”, e confesso que não foi fácil. Muito empenho, estudo, dedicação e superação. Nunca fui inimiga dos meus colegas, pelo contrário, aprendi e muito com eles, que também em vários casos foram grandes aliados.

Nesta semana onde se comemora o dia internacional da mulher, desejo que tanto homens como mulheres possam reconhecer seus valores e competências com respeito, igualdade, parceria e união.

E que ao menor sinal de diferença, desvalorização e desigualdade todos nós, homens e mulheres, possamos através de ações e comportamentos combater prontamente.

E meninas, que cada escolha por uma trilha profissional seja feita por propósito e não por medo!

FELIZ DIA DA MULHER!

 

Eu sou Deborah, profissional apaixonada pelo tema Carreira e Desenvolvimento Profissional. Auxílio pessoas que buscam ampliar seus campos de possibilidades profissionais ou aumentar seu arsenal de competências para os desafios do trabalho!

Curtiu o artigo ou conhece alguém que vai curtir?! Compartilha!

Conheça os serviços de DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL: http://capio.com.br/coaching/#ment

 

Deixe uma resposta