QUANDO PREOCUPAÇÃO É SOLUÇÃO?!

with Nenhum comentário

A palavra preocupação vem do latim praeoccupo que significa, simplesmente, “antecipar-se“. Já de cara é algo interessante, porque assume que tracemos planos e tomemos cuidados diante dos imprevistos.

A preocupação costuma ser vista como vilã da nossa paz e equilíbrio, mas olhando com cuidado vamos observar que muitos movimentos de mudança foram feitos em nossas vidas, e até na carreira, quando ficamos preocupados.

Parando para pensar identifiquei algumas situações onde mudei processos e parti para ação quando a preocupação bateu forte em minha porta.

Volta e meia quando gerenciava equipes nós mudávamos o rumo de algumas ações por nos preocuparmos com os efeito cascata dentro da organização.

Sim, em RH temos que tomar um cuidado gigante porque o que alegra alguns nem sempre alegra todos, e mesmo pensando com toda a preocupação saudável pode surgir algum imprevisto no caminho. Imagina se não nos preocupássemos?

Na Carreira também é assim, seja dentro ou fora da empresa. Geralmente buscamos melhorias quando nos preocupamos, o fato é que em grande parte a preocupação vem quando a coisa fica feia demais. Daí a sensação de urgência e mágica da mudança toma conta de tudo. Quero já! Quero para ontem! Quero sair deste incomodo, desta frustação!

Até brinco com os clientes nas minhas primeiras perguntado qual poder “mágico” que o eles esperam de mim, mas já aviso que não existe magia e sim muita energia e dedicação durante nossas semanas de caminhada.

Mas, voltando ao aspecto positivo da preocupação preventiva, sugiro aqui um exercício para todos vocês: Pensem nas últimas mudanças que realizaram em suas vidas. Avalie quantas delas partiram de preocupações, no sentido de antecipar ações para mudar, solucionar ou conquistar metas. Acredito que você vai se surpreender com o resultado.

Se encontrou vários exemplos quer dizer que apesar da adrenalina você produziu e foi em busca de soluções de maneira estruturara e preventiva.

Caso não tenha classificado suas preocupações como ações antecipadas e sim movimentos constantes para apagar incêndios, também não deixa de ser um bom sinal para rever o equilíbrio de todas as áreas que talvez algumas estejam pedindo socorro e drenando espaço produtivo e preventivo. Isto vai desde processos, pessoas, responsabilidades, valores, comunicação entre outros. Identifique e já se antecipe para sanar aquilo que está drenando todo o resto.

Então, seja qual for o resultado do momento haverá espaço para preocupar-se sem tanto sofrer!

Antecipe-se, crie e trabalhe tornando esta antiga “inimiga” sua aliada para mudança e transformação!

Deixe uma resposta