TRANSIÇÃO DE CARREIRA, QUANDO E POR QUÊ?!

with Nenhum comentário

O mercado de trabalho vem passando por um momento delicado, principalmente em meio à crise econômica do país, em que o desemprego vem crescendo. Por isso, saber lidar com mudanças na carreira é essencial.

Existem vários motivos que fazem uma pessoa buscar novos rumos profissionais: desejo de mudanças ou melhorias, procura de felicidade, contentamento em outras áreas ou anseios por novos desafios. Também têm aqueles que perderam o emprego e precisam se recolocar no mercado.

Seja qual for a motivação ou necessidade, a transição de carreira pode causar danos à pessoa que não souber administrar bem essa fase. É importante buscar alternativas para manter sua saúde física e emocional em alta. É preciso equilíbrio para buscar novos caminhos e também para mostrar-se capaz e apto para novos desafios, pois quando a oportunidade chega é preciso estar na sua melhor versão.

SUA BUSCA É SEU PROJETO

Quando mudar de carreira foi uma decisão do indivíduo, normalmente, a transição costuma ser mais fácil, pois a abertura para o novo tende a ser maior. Porém, quando a mudança foi originada em função de uma demissão é importante “limpar” tudo isso e estar pronto para seguir em frente.

Elabore uma rotina, uma agenda e metas semanais para manter a sua busca aquecida. É importante criar uma rotina para evitar a procrastinação. Quem está em busca de novas oportunidades de trabalho, deve continuar se aprimorando, manter-se atualizado, reforçar e criar redes de contatos e, principalmente, cuidar da saúde, mantendo a motivação em alta.

SIM, ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL FAZ DIFERENÇA

Ajuda profissional pode facilitar o processo de mudança de carreira em meio à crise e dificuldades.

Passar por uma transição de carreira, seja por vontade própria ou por uma situação imposta, é um desafio. Por esse motivo, cresce o número de pessoas que procuram ajuda profissional. Um especialista em transição de carreira pode auxiliar nesse momento. Ele ajudará você a se organizar para dar seus próximos passos com mais propriedade, sabendo que suas metas profissionais estão alinhadas com seus talentos, valores e com seus objetivos de vida. Também terá um plano para o seu desenvolvimento. O foco do trabalho é sempre entender o contexto daquela pessoa como um todo, pois não podemos sair dando orientações sem ter o conhecimento mínimo da história de cada um. Trabalhamos os medos, bloqueios, expectativas, sabotadores e dificuldades que podem estar ali.

Esse profissional também contribui muito para a motivação do indivíduo, trabalhando seus pontos fortes e fazendo com que ele se aproprie de sua bagagem e experiência.

A crise trouxe uma abertura para novos caminhos e novos tipos de empresa. No entanto, é preciso planejar, olhar o que o mercado pede, observar onde estão as oportunidades, ampliar os campos de atuação e adequar o seu perfil e posicionamento de acordo com a nova realidade.

Trabalhar em processo de transição vai muito além de saber qual o currículo certo, o perfil no Linkedin e onde buscar oportunidades. Hoje a tecnologia disponibiliza uma série de opções gratuitas, mas nada substitui o acompanhamento de um especialista com uma bagagem profissional e ferramentas adequadas para preparar esse profissional de forma estratégica e estruturada.

Planeje seus próximos passos profissionais não apenas em momentos de crise, e recolocação. Tenha uma agenda que abra espaço para isto através de mais conhecimento, troca, investimento e orientação planejada!

Se você está com este assunto na pauta de desenvolvimento, terei prazer em participar deste projeto. Conheça algumas possibilidades AQUI.

Se está buscando recolocação é quer acessar os conteúdos gratuitos do BLOG.

Deixe uma resposta