CARINHOS ESCONDIDOS

with Nenhum comentário

Vocês já pararam para pensar quantos carinhos escondidos recebemos todo dia?

Será que nos damos conta sempre? Será que valorizamos como deveríamos?

Acredito que em algum momento da nossa vida acabamos identificando e valorizando essas atitudes. Geralmente este despertar pode ocorrer em uma situação onde as coisas não vão muito bem, ou mesmo depois de um tempo de superação.

Tem gente que acha que carinho é apenas quando recebemos um presente, uma flor, um jantar, um abraço ou um beijo. Mas, existem outros tantos carinhos que estão ali todo dia e, nem sempre, ou quase sempre, não reconhecemos como tal, e principalmente a grandeza que eles têm.

Como reconhecer um carinho escondido? Não sei se ele é sempre igual para todos, mas você pode pensar em algo que se faz junto e que fica mais gostoso. Ou aquele “hábito” do dia-a-dia que se não acontece você estranha e sente falta. Isso pode ser um carinho escondido!

Vou dar um exemplo “bobo”: Ir às compras. Depois daquela semana tremenda, você precisa abastecer a casa. Agora pensa:

Ir com alguém que torna essa tarefa mais leve ou chegar em casa com as mãos cheias de sacolas e receber aquela mãozinha para guardar as compras não faz tudo ficar melhor? Mais leve?

Sair daquela reunião pesada, ou receber uma ótima notícia, e poder conversar com alguém que você sabe que vai ouvir a sua história inteirinha e vibrar com você no final, ou mesmo dar aquele feedback sincero, não é um carinho?!

Receber uma ligação para perguntar sua opinião sobre algo, não é maravilhoso?! Isso pode ser traduzido em parceria, companheirismo, e logo, um carinho escondido!

Conforme fui escrevendo esse texto, da minha forma intuitiva, lembrei dos meus avós. Toda semana minha vó ia na feira.

Meu avô não fazia as comprar com ela, mas sempre fez questão de levar e esperar por ela. Na hora que ela apontava com as sacolas cheias, ele vinha em sua direção rapidamente e ajudava com as sacolas até o carro, e nos levava de volta para casa. Isso aconteceu durante anos e anos. Anos de carinho escondido!

Carinho escondido também está naquele “oi, tudo bem por aí?!” Ou quando você estava com todo tempo do mundo, mas resolveu esperar aquela companhia para assistir algo na TV.

Carinhos escondidos são sutis muitas vezes, mas acima de tudo são essenciais para nossa vida.

A flor, o presente, a viagem, o estar feliz consigo mesmo são coisas boas, mas sem os carinhos escondidos tudo ficaria muito sem graça. São eles que preenchem a nossa vida aparentemente rotineira.

Preserve os carinhos escondidos! Retribua, compartilhe e valorize!

Acima de tudo agradeça por tê-los em sua vida!

Deixe uma resposta