Como está sua trilha de Carreira?!

with Nenhum comentário

Todos nós passamos por diversas experiências ao longo de nossa vida profissional. Durante a nossa trajetória, em alguns momentos, somos convidados a pensar a respeito do nosso futuro.

Lembra quando você ainda era adolescente e teve que decidir o que seria “pra sempre”? Teria que decidir o que você seria quando crescesse? Em qual faculdade iria cursar? E logo pensava:

– Caramba! Sério? Tenho que decidir o que vou ser quando crescer? Para o resto da minha vida?!!!! Era mais ou menos assim, não?! (risos)

Se você parar para pensar vai lembrar das possíveis dúvidas, dilemas e preocupações naquele momento em que você tinha que escolher a sua Carreira. Sem contar com a imaturidade da idade, tínhamos que lidar com as expectativas e sonhos dos nossos familiares, e ainda hoje isso é muito comum. Os jovens continuam se deparando com dilemas relacionados as decisões sobre qual caminho seguir, apesar dos diversos recursos existentes.

O que quero dizer contando tudo isto, é que os caminhos e trilhas de Carreira fazem parte desde cedo do nosso próprio caminho pessoal, eles estão totalmente interligados apesar de não fazermos esta conexão algumas vezes. Porém, ao longo do tempo, ganhamos mais experiência e bagagem para tomar nossas decisões de forma mais acertada, e vamos descobrindo por onde queremos caminhar.

Olhando pra estrada que já percorremos, desde cedo, percebemos que as escolhas não serão, necessariamente, para a vida toda como pensávamos lá na nossa primeira grande decisão. Cada escolha, cada caminho trará aprendizados que serão mais ou menos utilizados, porém nunca desperdiçados no nosso desenvolvimento. Concordam?

Então se você “mapear” suas grandes escolhas e decisões provavelmente descobrirá ou vai relembrar o quanto se superou, o quanto sem perceber foi desenhando sua trilha.

Nos tempos atuais é cada vez mais comum ter diferentes trilhas na sua história profissional. Com certeza você já ouviu alguma história onde alguém mudou completamente de carreira ou decidiu empreender ou até mudou e retornou para uma antiga área. O melhor é que tais transições, sendo bem conduzidas, são reconhecidas positivamente pelo mercado.

Fazer a nossa Biografia ajuda e muito no processo de autoconhecimento.  Essa é uma excelente ferramenta e muito utilizada no processo de Coaching. A Biografia nos ajuda a reconhecer nossas competências, sucessos e aprendizados.

Me formei em Psicologia em 1996 e sem sombra de dúvida fui muito feliz na minha escolha. E vocês? Lembram como foi a sua primeira grande decisão de Carreira? Olhando as trilhas, estão satisfeitos com suas escolhas e reconhecem os ganhos ao longo do caminho?

Até o próximo post!

Deixe uma resposta